EXCLUSIVO: Sem acordo, médicos não assinam contrato e HNAS fica sem médicos; pagamentos foram reduzidos em 70% | Rede Ilha FM
últimas Notícias

1 de dez. de 2019

EXCLUSIVO: Sem acordo, médicos não assinam contrato e HNAS fica sem médicos; pagamentos foram reduzidos em 70%

Uma fonte que pediu sigilo, nos passou a real situação em que se encontra o HNAS e o motivo que levou a essa tragédia, que assim podemos dizer. (Foto: Reprodução/YouTube/Rede Ilha FM)

Ontem (30/11), no fim da tarde, circulava em grupos de WhatsApp a notícia que o Hospital Nair Alves de Souza ficaria sem médicos, deixando assim a população e toda região apreensiva. A equipe de reportagem da Rede Ilha FM foi até o hospital buscar por informações e checar a veracidade. Chegando lá, uma fonte que pediu sigilo, nos passou a real situação em que se encontra o HNAS e o motivo que levou a essa tragédia, que assim podemos dizer.

Bomba

Desde às 00:00 horas, de 01 de dezembro de 2019, o Hospital Nair Alves de Souza se encontra:

Sem ortopedista. 
Sem anestesista. 
Dos seis cirurgiões que possuía, agora tem apenas um. 
Sem Médicos Evolucionistas.
Apenas com uma parte da Obstetrícia

Entenda o Caso

A Chesf, utiliza empresas terceirizadas para administrar o HNAS. A Pressau, empresa que administrava o HNAS, vale ressaltar, sempre pagando em dia os médicos, encerrou seu contrato. Houve novo processo licitatório, e a empresa campeã foi a Intelit. A questão é, a Intelit colocou um preço muito abaixo não sabendo da realidade do HNAS, e que o mesmo atende toda a região. Estima-se segunda a fonte, o valor aproximado de 4 milhões a menos entre a empresa Intelit e Pressau. 

A Chesf ainda de cara, deu apenas um dia, sendo este ontem (30/11), para que a Intelit contrata-se os médicos e já começasse a administrar o hospital. A Intelit ao procurar os médicos, ofereceu por plantão de 12 horas, para se ter uma ideia, o valor de R$ 1.000,00 bruto, que com os descontos, os médicos passariam a receber o valor de R$ 600,00. Sendo que outrora, a empresa Pressau pagava R$ 2.000,00 pelo mesmo plantão. Valor Justo, vale pontuar.

Chesf – Inocente ou se faz?

O que causa estranheza é a Chesf sabendo da realidade e do atendimento que o HNAS presta a toda sociedade, e os custos que o mesmo tem, vendo a empresa Intelit de forma leviana querendo ganhar o pregão licitatório com um valor surreal, deixa prosseguir uma situação dessa. Ou não sabiam que ia dar nisso? Contem outra!

E a população, como fica?

Clamem a Deus para não adoecerem, pois podemos dizer com todas as palavras, não temos hospital no momento. Esperemos agora a resolução o mais rápido possível desse caos instaurado.

O que diz o outro lado

A Rede Ilha FM não localizou os representantes da empresa "Pressau" e "Italit" para falar sobre o assunto. O espaço permanece aberto.

A equipe de reportagem também tentou contato por diversas vezes com a assessoria de imprensa da Chesf, mas as ligações não foram atendidas. O espaço também permanece aberto.

Assista à íntegra da reportagem exclusiva da Rede Ilha FM:



*Matéria alterada às 13h19 do dia 01/12/2019 para acréscimo de informações.
« PREV
NEXT »

Nenhum comentário

Postar um comentário