Ex-procuradora diz que Maduro ordenou sequestros | Rede Ilha FM
últimas Notícias

27 de jul de 2019

Ex-procuradora diz que Maduro ordenou sequestros

Ex-procuradora-geral da Venezuela diz que parentes foram sequestrados a mando de Maduro (Foto: Reprodução)

Luisa Ortega Diaz, ex-procuradora-geral da Venezuela, afirmou em entrevista que o atual presidente do país, Nicolás Maduro, foi o responsável pelo sequestro de sua filha e do neto em 2017, enquanto participava de um evento no Brasil. Ela foi a responsável por divulgar delações que demonstraram que a empresa Odebrecht havia participado de um esquema de corrupção com o governo Maduro.

Diaz contou que ao entrar em choque com o governo venezuelano, ela foi destituída do cargo que ocupava e obrigada a sair do país. No exílio, ela publicou vídeos da delação do ex-executivo Euzenando Azevedo, em que ele afirmava ter repassado 35 milhões de dólares à campanha eleitoral do atual presidente do país vizinho. Após a divulgação, ela participou de um evento no Brasil, convidada pelo então procurador-geral da República, Rodrigo Janot, foi na ocasião que ela descobriu que filho e neto haviam sido sequestrados.

– Eu tive de abandonar a reunião e voltar para a Venezuela. Minha filha esteve sequestrada por dois dias e meu neto por três dias. Soltaram a mãe primeiro e deixaram a criança, de 14 anos. Passado vários meses, descubro que quem ordenou o sequestro foi Maduro – disse.

Ortega destacou que os atos de corrupção não se restringem apenas a doação de campanha e garante que ainda vai demonstrar, com outras evidências que conseguiu estando no exterior, outros desdobramentos da corrupção da empresa. Segundo ela, há inclusive pagamentos ainda mais elevados que os já denunciados.
« PREV
NEXT »

Nenhum comentário

Postar um comentário