Bolsonaro diz que anúncio da liberação do saque do FGTS ativo está previsto para esta semana | Rede Ilha FM
últimas Notícias

17 de jul de 2019

Bolsonaro diz que anúncio da liberação do saque do FGTS ativo está previsto para esta semana

Até o momento, não foi dada nenhuma informação sobre as contas inativas (Foto: Alan Santos/PR)

O presidente Jair Bolsonaro confirmou, nesta quarta-feira (17/07), que a liberação do saque do Fundo de Garantia do Trabalhador Social (FGTS) ativo e do PIS/Pasep deve ocorrer ainda nesta semana. Segundo ele, isso representaria “uma pequena injeção na economia”, que já começa a dar sinais de recuperação, devido aos “sinais positivos (no geral) e em especial também pelos sinais que estão vindo do Parlamento”.

Bolsonaro afirmou ainda que o governo quer fazer uma reforma dos tributos federais e que deseja que a tabela de Imposto de Renda esteja, no máximo, em 25%. “E nós queremos ano a ano diminuir a nossa carga tributária”, apontou.

Mais cedo, o Ministério da Economia havia dito que estava considerando a possibilidade de permitir o saque do FGTS ativo de até 35% dos recursos das contas ativas (dos contratos de trabalho atuais). Até o momento, não foi dada nenhuma informação sobre as contas inativas. A expectativa do governo é que a medida injete até R$ 42 bilhões na economia.

O plano é uma tentativa de reanimar a economia, via consumo, ainda este ano. A projeção oficial do governo é de crescimento do PIB de 0,81%. Com a liberação dos recursos do FGTS, haverá também mais uma rodada de saques do PIS/Pasep.

A consulta do saldo do Fundo de Garantia do Trabalhador Social (FGTS) pode ser feita via internet, por aplicativo ou pessoalmente, na agência da Caixa Econômica Federal. Basta o trabalhador ter em mãos o número do NIS (PIS/PASEP) e a senha eletrônica.

Contas inativas

Em 2017, durante o governo Michel Temer, 25,9 milhões de trabalhadores fizeram o saque de cerca de R$ 44 bilhões de contas inativas do FGTS. A avaliação da equipe de Guedes é que, no governo Temer, a medida foi bem sucedida.

O atual governo também vê com bons olhos a distribuição de metade do lucro do fundo no ano anterior para os trabalhadores com contas no FGTS, prevista em lei sancionada por Temer em 2017. No ano passado, a distribuição de resultados do FGTS de 2017 elevou a rentabilidade das contas do fundo de 3,8% ao ano (3%+ TR) para 5,59% ao ano.
« PREV
NEXT »

Nenhum comentário

Postar um comentário