Shakhtar vence, avança na Liga dos Campeões e acaba com invencibilidade do City | ilha FM - Paulo Afonso
últimas Notícias

7 de dez de 2017

Shakhtar vence, avança na Liga dos Campeões e acaba com invencibilidade do City

Bernard abriu o placar para o Shakhtar Donetsk contra o Manchester City (Foto: Reprodução/EFE)

De maneira incontestável, o Manchester City perdeu nesta quarta-feira (06/12) a sua invencibilidade na temporada. Nitidamente relaxado por já estar classificado e com alguns desfalques – como o meia belga Kevin De Bruyne e o atacante argentino Sergio Agüero, este começou no banco de reservas -, o time inglês enfrentou um rival sedento por uma vitória para avançar às oitavas de final da Liga dos Campeões da Europa e não deu outra. Com sua legião de brasileiros, o Shakhtar Donetsk ganhou por 2 a 1 – gols de Bernard e Ismaily para os ucranianos -, em Kharkiv, na Ucrânia, e passou de fase na competição.

Melhor time até o momento desta temporada – líder isolado do Campeonato Inglês com 14 vitórias em 15 jogos e até então com 100% de aproveitamento na Liga dos Campeões -, o Manchester City encerra o Grupo F com 15 pontos. O Shakhtar Donetsk dependia apenas de si nesta sexta e última rodada e conseguiu chegar a 12 pontos na segunda colocação.

O sorteio dos confrontos das oitavas de final da Liga dos Campeões será realizado nesta segunda-feira, na sede da Uefa, em Nyon (Suíça), a partir das 9 horas (de Brasília). Há chances de o Manchester City encarar um rival mais complicado como Bayern de Munique, Juventus ou Real Madrid, o atual bicampeão da competição europeia.

Em campo, o Manchester City em nada lembrou o time que domina os adversários e chega fácil no ataque. Mesmo com mais posse de bola, o setor de criação pouco funcionava e a defesa sofria com a rapidez dos atacantes do Shakhtar Donetsk. O resultado disso foram os dois gols da equipe ucraniana em um intervalo de apenas seis minutos.

No primeiro gol, aos 26 minutos, Taison fez a jogada pelo meio e tocou na esquerda para Bernard. O atacante, ex-Atlético Mineiro e xodó de Felipão na Copa de 2014, recebeu, cortou para o meio e chutou colocado no ângulo esquerdo. No segundo, aos 32, falha do goleiro brasileiro Ederson e gol de Ismaily. Nas tribunas, o técnico Tite, da seleção, via tudo enrolado em cobertores para espantar o frio de 0ºC em Kharkiv.

No segundo tempo, os dois times pouco quiseram jogar e quase nada de bom aconteceu. Quase porque nos acréscimos o Manchester City conseguiu o seu gol. Gabriel Jesus foi derrubado na área e o árbitro marcou o pênalti, bem cobrado por Sergio Agüero.

No outro jogo do grupo, em Roterdã, na Holanda, o Feyenoord se despediu da Liga dos Campeões com uma vitória de virada por 2 a 1 sobre o Napoli. O time holandês conseguiu os seus três primeiros pontos na competição, mas terminou a chave na lanterna Os italianos ainda tinham esperança de vaga nas oitavas de final, mas têm de se contentar com um lugar na segunda fase eliminatória da Liga Europa com a terceira colocação com seis pontos.

« PREV
NEXT »

Nenhum comentário

Postar um comentário