Confiança de serviços recua 0,1 ponto em novembro ante outubro, aponta FGV | ilha FM - Paulo Afonso
últimas Notícias

29 de nov de 2017

Confiança de serviços recua 0,1 ponto em novembro ante outubro, aponta FGV

Houve redução na confiança em sete das 13 principais atividades pesquisadas em novembro (Foto: Marcello Casal Jr)

O Índice de Confiança de Serviços (ICS) teve ligeiro recuo de 0,1 ponto na passagem de outubro para novembro, para 87,7 pontos, na série com ajuste sazonal, informou a Fundação Getulio Vargas (FGV) nesta quarta-feira (29/11). O resultado sucede quatro meses consecutivos de altas. Em médias móveis trimestrais, o índice permaneceu em elevação pelo terceiro mês consecutivo.

“A virtual estabilidade da confiança no mês não altera o quadro positivo dos indicadores nos últimos meses. A evolução desde o início do segundo semestre revela um processo mais equilibrado entre a percepção empresarial sobre as condições correntes e suas expectativas para os próximos meses, padrão que não era observado anteriormente. A melhora do ambiente de negócios é também mais espalhada entre os segmentos. A maior convergência nas avaliações empresariais reforça os sinais de ampliação do ritmo de atividade do setor para os próximos meses”, avaliou Silvio Sales, consultor do Instituto Brasileiro de Economia da FGV (Ibre/FGV).

Houve redução na confiança em sete das 13 principais atividades pesquisadas em novembro. O Índice da Situação Atual (ISA-S) recuou 0,8 ponto, enquanto o Índice de Expectativas (IE-S) avançou 0,7 ponto.

O item que mede o grau de satisfação com a situação atual dos negócios exerceu a maior contribuição para a queda do ISA-S em novembro, com recuo de 1,2 ponto. Já a alta do IE-S foi determinada, exclusivamente, pelo avanço do item demanda prevista, que subiu 2,5 pontos.

A proporção de empresas reportando o fator “demanda insuficiente” vem recuando nos últimos meses, chegando a 35,3% em novembro, a menor proporção desde março de 2015. Já a parcela das que afirmam estar operando “sem impedimentos” vem crescendo continuamente, chegando a 13,5% do total em novembro, maior porcentual desde fevereiro de 2015.

O Nível de Utilização da Capacidade Instalada (Nuci) do setor de serviços diminuiu 0,6 ponto porcentual em novembro, para 82,4%. A coleta de dados para a edição de novembro da sondagem foi realizada entre os dias 1 e 24 deste mês.


« PREV
NEXT »

Nenhum comentário

Postar um comentário