Chelsea bate Manchester United por 1 a 0 com gol de Morata em jogo emocionante | ilha FM - Paulo Afonso
últimas Notícias

6 de nov de 2017

Chelsea bate Manchester United por 1 a 0 com gol de Morata em jogo emocionante

Meia do Chelsea Eden Hazard domina a bola com maia do Manchester United Ander Herrera (Foto: Facundo Arrizabalaga)

O Chelsea venceu o Manchester United por 1 a 0, neste domingo (05/11), em Londres, pela 11.ª rodada do Campeonato Inglês, em um jogo emocionante e que terminou com uma grande festa da torcida londrina no estádio Stamford Bridge. O atacante espanhol Álvaro Morata marcou o gol que definiu o placar do clássico.

Com o resultado, o Chelsea chegou aos 22 pontos, manteve o quarto lugar na tabela de classificação e abriu três de vantagem sobre o Liverpool, o quinto colocado. O Manchester United, por outro lado, estacionou nos 23 pontos e, apesar de manter a vice-liderança, viu o rival Manchester City se distanciar ainda mais na ponta do Campeonato Inglês.

Chelsea e Manchester United fizeram um primeiro tempo muito quente – apesar do frio em Londres -, movimentado e equilibrado. O clube visitante começou melhor, com mais volume de jogo. Mas o mandante se recuperou e criou ótimas oportunidades para abrir o placar. O meia Eden Hazard foi um dos destaques do time da casa

De cabelo pintado de azul, o volante francês Bakayoko foi praticamente um atacante na primeira etapa e teve duas boas chances de abrir o marcador. Em um destes lances, o espanhol Álvaro Morata seria o alvo do cruzamento – que passou por ele e sobrou para Bakayoko -, mas foi puxado por um zagueiro do Manchester United. A arbitragem não viu a falta e nada foi marcado.

Na segunda etapa, o Chelsea voltou ainda mais determinado a vencer o clássico e dominou o adversário. Logo aos 9 minutos, a equipe da casa abriu o placar com Morada. A zaga do Manchester United vacilou ao deixá-lo sozinho na área para complementar, de cabeça, um cruzamento de Azpilicueta do lado direito do ataque.

O Chelsea seguiu criando várias outras chances de gol. No Manchester United, nem mesmo a entrada do meia belga Fellaini serviu para melhorar o rendimento do time. Mas o jogador ainda teve a chance de empatar o placar, aos 44 minutos.

Já dentro da área, o belga matou a bola no peito e bateu firme para uma grande defesa do compatriota Courtois. No entanto, apesar da pressão exercida nos minutos finais, o Manchester United do português José Mourinho, aplaudido por parte da torcida do Chelsea, foi vencido pelo time comandado pelo italiano Antonio Conte, que, por sua vez, foi vaiado em Stamford Bridge.

EM LIVERPOOL - Na outra partida que encerrou a rodada do Campeonato Inglês, neste domingo, o Everton bateu o Watford por 3 a 2, de virada, no estádio Goodison Park, em Liverpool, em vitória que representou a fuga do time da zona de rebaixamento da competição. Agora com 11 pontos, subiu para a 15.ª posição na tabela de classificação.

Mas o Everton teve que superar um ótimo início da equipe visitante, que abriu o placar com o atacante brasileiro Richarlison, ex-Fluminense, no primeiro minuto do segundo tempo. Depois, o belga Christian Kabasele ampliou para o Watford.

O time mandante chegou ao empate com gols do senegalês Oumar Niasse e de Dominic Calvert-Lewin. A virada veio de forma dramática. Aos 46 minutos do segundo tempo, a arbitragem marcou pênalti para o Everton e Leighton Baines converteu. Mas, para desespero dos torcedores locais, um novo pênalti foi assinalado, aos 56, desta vez para o Watford. Porém, o meia Tom Cleverley perdeu a cobrança.

« PREV
NEXT »

Nenhum comentário

Postar um comentário