Mulher suspeita de espancar e matar bebê de 21 dias é inocentada | ilha FM - Paulo Afonso
últimas Notícias

19 de out de 2017

Mulher suspeita de espancar e matar bebê de 21 dias é inocentada

Populares buscaram ajuda da emergência hospitalar para salvar a criança, mas não houve tempo (Foto: Cortesia/WhatsApp/PA Alerta)

Um bebê de apenas 21 dias morreu após sofrer supostas agressões na manhã desta quinta-feira (19/10), em Paulo Afonso (BA). Conforme informações, a mãe do menino foi detida para prestar esclarecimentos.

Segundo informações, equipes do Hospital Nair Alves de Souza (HNAS) acionou a Polícia Militar (PM) e informou que havia atendido um bebê morto com suposto sinais de agressões pelo corpo.

Ainda de acordo informações, populares buscaram ajuda da emergência hospitalar para salvar a criança, mas não houve tempo. A mãe do bebê, que não teve o nome divulgado, era a principal suspeita.

A jovem foi encaminhada à delegacia de polícia onde permanecia prestando depoimento até esta publicação.

O corpo do menino foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Paulo Afonso. A polícia Civil investigará o caso.

Morte Natural

O laudo do Instituto Médico Legal (IML) aponta que o menino identificado como CENSURADO, de 21 dias, morto após uma suposta agressão da mãe, morreu devido a causas naturais, segundo informações obtidas com exclusividade pelo PA Alerta.

De acordo com a delegada Dra. Juliana, da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (DEAM), após receber informações de que uma criança havia dado entrada no Hospital Nair Alves de Souza (HNAS) com supostas lesões pelo corpo, foi pedido que o departamento de polícia técnica encaminhasse o corpo do menino para exames necroscópicos. De acordo com a delegada, o laudo do IML apontou que não havia nenhum ferimentos no corpo do bebê.

"A criança não tinha nenhuma lesão na cabeça e não existia nenhuma fratura, então não há crime. A criança não foi espancada e não foi vítima de abuso ou de lesão. A causa da morte foi natural", finalizou.

(*) Texto alterado às 12h08 do dia 19/10 para acréscimo de informações



« PREV
NEXT »

Nenhum comentário

Postar um comentário