Em meio à crise prefeito de Paulo Afonso volta a ter o salário de R$ 33 mil, o maior do país | ilha FM - Paulo Afonso
últimas Notícias

9 de out de 2017

Em meio à crise prefeito de Paulo Afonso volta a ter o salário de R$ 33 mil, o maior do país

A segunda instância restabeleceu o aumento salarial conferido ao prefeito, secretários e vereadores de Paulo Afonso (BA) (Foto: Reprodução)

A segunda instância restabeleceu o aumento salarial conferido ao prefeito, secretários e vereadores de Paulo Afonso (BA), aprovado em dezembro do ano passado.

O Projeto de Lei Nº 42 de 2 de dezembro de 2016, de autoria dos vereadores Marcondes Francisco (PSD), José Carlos Coelho (PRB) e Albério Faustino (PT) foi aprovado por 7 votos contra 2.

Com 40 mil desempregados no município, segundo o próprio Luiz de Deus, em estado emergencial, os pauloafonsinos vão pagar o maior salário de prefeito do Brasil. Interessante que o Ministério Público de Estado, conseguiu derrubar o aumento argumentando que fora aprovado depois do período eleitoral, portanto, à margem da Lei de Responsabilidade Fiscal.

Com a nova decisão o quadro fica assim:

– O salário do prefeito passa de R$ 20.042,00 para R$ 33.763,00;
– O salário do vice-prefeito sobe de R$ 11.023,00 para R$ 14.830,00;
– O salário dos vereadores, secretários municipais, procurador e controlador, aumenta de R$ 10.000,00 para R$ 12.000,27 mil.

Veja a entrevista de Mário Galinho na íntegra:

O dinheiro já chegou na conta e o que senhor fará com o valor?

A liminar que o juiz Rosalino expediu vetando o aumento foi derrubada em 2ª instância por um desembargador, creio em Salvador. Como eu já havia me pronunciado não farei uso desse aumento mesmo que ele esteja de forma legal, segundo a justiça; eu já tinha prometido ajudar as instituições filantrópicas do município para ver se consigo diminuir o que vem acontecendo com a falta de recursos públicos repassados para lá.

Como vai funcionar?

Vamos alternar: Apae, Fundame, uma clínica que faça um trabalho para ajudar animais, Ivecan. De fato o dinheiro vai cair em minha conta, não sei se os retroativos serão pagos, o setor jurídico está consultando, se for pagar ótimo porque eu farei mais doações ao longo do mandato, nem é descaso nem afronta.

40 mil desempregados e 33.763,00 reais de salário para o prefeito, o que achas?

Não posso contestar uma decisão judicial. Mas posso colocar um sentimento particular: chega ser imoral esse valor. Estamos falando de uma cidade em que foi decretado o estado de emergência, com tantos desempregados e que a pobreza ainda toma conta e você ver um salário exorbitante desses é lamentável.

*Com informações da Jornalista Ivona Lima

« PREV
NEXT »

Nenhum comentário

Postar um comentário