''Se for preciso, destruiremos totalmente a Coréia do Norte'' | ilha FM - Paulo Afonso
últimas Notícias

19 de set de 2017

''Se for preciso, destruiremos totalmente a Coréia do Norte''

O governante reiterou que os testes nucleares e de mísseis balísticos por parte da Coreia do Norte "ameaçam o mundo inteiro" (Foto: Peter Foley/EFE)

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, alertou nesta terça-feira (19/09) que não haverá outra opção senão a de “destruir totalmente” a Coreia do Norte se o regime de Kim Jong-un continuar ameaçando seu país e seus aliados.

“É hora de a Coreia do Norte se dar conta de que a desnuclearização é seu único futuro aceitável”, declarou Trump em sua estreia na Assembleia Geral das Nações Unidas.

O governante reiterou que os testes nucleares e de mísseis balísticos por parte da Coreia do Norte “ameaçam o mundo inteiro” e pediu união para isolar o regime.

Trump chamou o líder norte-coreano Kim Jong-un de “homem foguete” e afirmou que ele está em “uma missão suicida”.

O presidente americano reforçou que os testes nucleares e de mísseis balísticos da Coreia do Norte “ameaçam o mundo inteiro”, pedindo unidade para isolar o regime de Pyongyang.

Segundo Trump, nenhum país do planeta quer que Kim Jong-un, a quem acusou de “matar de fome” milhões de norte-coreanos, possa ter armas nucleares.

Trump também agradeceu à China e à Rússia por ter votado a favor das sanções contra a Coreia do Norte no Conselho de Segurança da ONU, apesar de destacar que é preciso fazer “muito mais” contra as ameaças de Pyongyang.

Por causa dos últimos testes nucleares e de lançamentos de mísseis de Kim Jong-un, Trump disse que não descarta recorrer à opção militar.

« PREV
NEXT »

Nenhum comentário

Postar um comentário