ONU diz que Rússia viola lei internacional na Crimeia | ilha FM - Paulo Afonso
últimas Notícias

27 de set de 2017

ONU diz que Rússia viola lei internacional na Crimeia

O relatório pede que a Rússia "realmente investigue" alegações de tortura, sequestros e homicídios na península (Foto: Alexander Zemlianichenko/EFE)

O Escritório de Direitos Humanos da Organização das Nações Unidas afirmou em relatório nesta última segunda-feira (25/09) que a Rússia viola a legislação internacional na Crimeia. A ONU critica ações como a imposição da cidadania russa para as pessoas na região, bem como a transferência deliberada de centenas de prisioneiros locais para cadeias da Rússia.

O relatório, realizado após um pedido do governo da Ucrânia, aponta violações e abusos na Crimeia desde que a Rússia anexou a península da Ucrânia, em 2014. O governo russo recusa-se a ceder mesmo diante das críticas internacionais.

Um diplomata russo em Genebra insistiu que a missão da ONU não tem a competência para examinar o quadro na Crimeia, que segundo o governo russo é agora parte do país. “É estranho que uma missão de direitos humanos na Ucrânia avalie a situação na Federação Russa”, comentou o diplomata, que pediu anonimato.

O relatório pede que a Rússia “realmente investigue” alegações de tortura, sequestros e homicídios na península. Milhares de pessoas que se recusaram a viver sob jurisdição russa deixaram a Crimeia, segundo Fiona Frazer, diretora da missão de monitoramento de direitos humanos da ONU na Ucrânia. A falta de cidadania russa limita ou impede o acesso a empregos, a cuidados com a saúde e a direitos de propriedade e políticos, relatou Frazer.

« PREV
NEXT »

Nenhum comentário

Postar um comentário