Manchester City bate Shakhtar Donetsk e lidera grupo; Napoli faz 3 no Feyenoord | ilha FM - Paulo Afonso
últimas Notícias

27 de set de 2017

Manchester City bate Shakhtar Donetsk e lidera grupo; Napoli faz 3 no Feyenoord

Com um belo gol, Kevin de Bruyne abriu o caminho da vitória Manchester City 2 a 0 Shakhtar Donetsk (Foto: Reprodução-Manchester City)

O Manchester City fez o suficiente nesta terça-feira (26/09) para vencer mais uma vez na Liga dos Campeões da Europa. Em casa, no Etihad Stadium, em Manchester, o time da Inglaterra derrotou o Shakhtar Donetsk, da Ucrânia, por 2 a 0, com direito a um belo gol do meia belga Kevin de Bruyne, e assumiu a liderança isolada do Grupo F com 100% de aproveitamento após duas rodadas.

Com seis pontos, o Manchester City já abre três de vantagem para os seus concorrentes mais fortes: o próprio Shakhtar Donetsk e o Napoli, que na Itália derrotou o lanterna Feyenoord por 3 a 1, no estádio San Paolo, em Nápoles, e subiu para a segunda colocação por ter mais saldo de gols (1 a -1) que os ucranianos. O clube da Holanda segue sem pontuar.

A terceira rodada será realizada no dia 17 de outubro, uma terça-feira. Neste dia, o Manchester City jogará novamente em sua casa e o adversário será o Napoli. Na Holanda, o Feyenoord buscará os seus primeiros pontos na Liga dos Campeões contra o Shakhtar Donetsk.

Em campo, o Manchester City fez o que devia para vencer. Com seu toque de bola e rapidez no ataque com o brasileiro Gabriel Jesus e o argentino Sergio Agüero, o time inglês até conseguia chegar na área, mas pecava na finalização. Foram poucas as reais chances de gol para os dois lados, já que o Shakhtar Donetsk se preocupou mais em se defender e tentar algo em um contra-ataque

No segundo tempo, o Manchester City resolveu acelerar mais o toque de bola e logo conseguiu abrir o placar. Aos três minutos, De Bruyne recebeu na intermediária, pelo meio, e acertou um belo chute no ângulo esquerdo alto do goleiro Piatov, que não conseguiu chegar na bola.

Com a vantagem, o time inglês mostrou mais segurança e, mesmo ameaçado em esporádicos ataques dos ucranianos, teve a chance de marcar o segundo, mas Agüero perdeu uma cobrança de pênalti aos 27 minutos – Piatov espalmou no seu canto direito. O gol que confirmou a vitória do Manchester City saiu mesmo aos 45, em um chute do atacante Raheem Sterling.

Na Itália, o Napoli foi dominante do início ao fim. Logo aos sete minutos, abriu o placar em um belo chute de fora da área do atacante Lorenzo Insigne e, assim, comandou as ações da partida. Derrotado por goleada na estreia (4 a 0), o Feyenoord mostrou que o seu setor ofensivo é fraco e não ameaçou no primeiro tempo a meta defendida pelo goleiro espanhol Pep Reina.

Na segunda etapa, novamente o Napoli não deu chances ao rival holandês de tentar algo ao marcar o segundo gol logo aos quatro minutos. O atacante belga Dries Mertens aproveitou um erro defensivo do zagueiro Diks e balançou as redes.

Com a desvantagem, o Feyenoord resolveu enfim atacar e conseguiu um pênalti, mas a cobrança rasteira de Jens Toornstra, aos 23 minutos, foi defendida por Reina no canto esquerdo. Pouco depois, aos 25, o Napoli fez o terceiro com o atacante espanhol Callejón após assistência de Mertens. No final, o time holandês fez o seu de honra, com Sofyan Amrabat aos 48, mas o vencedor já estava definido.

« PREV
NEXT »

Nenhum comentário

Postar um comentário