Blocos e Camarotes alegam falta de planejamento da prefeitura e ficam de fora do Copa Vela 2017 | ilha FM - Paulo Afonso
últimas Notícias

17 de ago de 2017

Blocos e Camarotes alegam falta de planejamento da prefeitura e ficam de fora do Copa Vela 2017

A iniciativa privada deixou de participar do Copa Vela 2017 por entender que é inviável investir no evento. (Foto: Reprodução/Google)

Esta edição do Copa Vela ficará sem a presença das grandes atrações e Camarotes que costumavam se apresentar nos blocos. 

Segundo relato de produtores, o evento perdeu muito mercado e a forma que a prefeitura vem tratando isso enfraqueceu a festa que já foi uma das maiores do Nordeste. A informação é do Jornalista Ozildo Alves.

De acordo os produtores, a falta de planejamento e de articulação com as produtoras, baixo investimento e dedicação fizeram com que a iniciativa privada deixasse de participar por já entender que a Copa Vela hoje é inviável.

Um dos empresários do ramo resumiu o problema, – “Nunca houve uma atenção devida da parte da prefeitura, deixamos de atrair público das outras cidades e esses números vêm caindo consideravelmente ano após ano, sempre faltou divulgação, a programação sempre sai de última hora, como está acontecendo agora mais uma vez. Assim fica a carga única e exclusivamente da prefeitura a realização e a responsabilidade com a qualidade e resultado da festa, isso Implicará diretamente na geração de renda com os postos de trabalho durante o período festivo bem como o trade turístico que já está afetado desde já, com um número baixo de reservas comparado a anos anteriores”.

Para o empresário toda essa situação resultou na falta de interesse em investir até mesmo em camarotes: “Houve uma licitação agora dia 8 de agosto para definir o uso do espaço público, uma licitação faltando um mês para o evento, definitivamente o cúmulo, assim nenhuma empresa participou e esse ano não estaremos no evento depois de quase 10 anos”. Explicou o empresário.

No início dessa semana, uma empresa começou a promover a divulgação de um camarote para a Copa Vela 2017, porém em uma área privada, portanto fora do espaço que estava sendo oferecido na licitação da prefeitura ocorrida no início do mês, que teve lance inicial de R$ 30 mil apenas para exploração da área, esse valor e a falta de divulgação do evento acabaram afugentando os empresários.


« PREV
NEXT »

Nenhum comentário

Postar um comentário