Aluguel caro faz lojas do centro de Paulo Afonso fecharem as portas | ilha FM - Paulo Afonso
últimas Notícias

4 de jul de 2017

Aluguel caro faz lojas do centro de Paulo Afonso fecharem as portas

Quem trabalha na via comenta que o preço do aluguel, aliado ao fraco movimento, tem levado os lojistas a trocarem de endereço ou até mesmo fecharem as portas. (Foto: Arquivos ilha FM/*Imagem Ilustrativa)

Não é de hoje que o aluguel tem sido alvo de reclamações na região central de Paulo Afonso. O problema que antes atingia as ruas com menos movimento, chegou também as principais via de varejo da cidade.

A reportagem da ilha FM, percorreu o quadrilátero da Rua Amâncio Pereira entre as ruas São Francisco e Av. Getúlio Vargas e encontrou mais de 10 estabelecimentos fechados, entre lojas de roupas, celulares e eletrônicos. Segundo informações de um lojista, a situação é preocupante.

"O valor de locação dos imóveis é um grande problema da área central e estão acima do mercado. Os lojistas não conseguem arcar com os altos valores e acabam migrando para as ruas que possuem imóveis mais baratos, com isso, esses locais acabam ficando abandonados", lamenta.

Quem trabalha na via comenta que o preço do aluguel, aliado ao fraco movimento, tem levado os lojistas a trocarem de endereço ou até mesmo fecharem as portas. Em uma loja de roupas localizada na Rua São Francisco, uma funcionária que não quis se identificar, contou que o dono da loja já pensa em fechar o estabelecimento. "Devido ao aluguel alto e movimento fraco ele vai fechar essa loja, estou preocupada", conta.

Até mesmo uma grande loja que funcionava na Rua Amâncio Pereira fechou as portas. "A loja fechou há poucos dias, também por conta do aluguel caro. A gente sabe que tem crise, mas não era pra fechar tantas lojas assim, ou seja, o problema não é a crise e sim o valor cobrado pelo aluguel", conta uma funcionária de loja de calçados.

Um proprietário de uma loja de roupas que fica na Rua São Francisco, diz que o valor do aluguel depende do tamanho do imóvel e da localidade. "Eu pago R$ 5 mil, mas esse valor varia, por exemplo na Av. Getúlio Vargas para baixo é mais caro, mesmo assim nunca pensei em fechar", comenta e acrescenta que várias lojas ao seu redor já fecharam. "Loja de roupas, bijuterias e até uma loja de eletrônicos fechou por causa do aluguel".

A média cobrada em imóveis no centro de Paulo Afonso varia de R$ 4 a R$ 18 mil, dependendo do imóvel e da localização. "Fizemos contato com o Sindicato para que tivessem uma conversa com os proprietários, com objetivo de baixar o valor", conta uma empresária.

"O Centro de Paulo Afonso está fadado a se tornar um deserto", lamenta.

« PREV
NEXT »

Nenhum comentário

Postar um comentário