Alagoas: Policial Militar surta, capota viatura e ameaça se matar em via pública de Maceió (AL) | ilha FM - Paulo Afonso
últimas Notícias

19 de dez de 2016

Alagoas: Policial Militar surta, capota viatura e ameaça se matar em via pública de Maceió (AL)


Segundo informações, o militar havia surtado e que estava armado, ameaçando quem se aproximasse. Ele chegou a dizer que tiraria sua própria vida hoje. (Foto: Cortesia/ilha FM Alagoas) 

Um policial militar, identificado inicialmente como Ivan, lotado no Batalhão de Eventos (BPE), visivelmente descontrolado, pegou uma viatura reserva do Batalhão e fugiu pela cidade. Após buscas, o soldado foi localizado no conjunto José Tenório, na Serraria, em Maceió (AL), depois de capotar o veículo.

Segundo informações, o militar havia surtado e que estava armado, ameaçando quem se aproximasse. Ele chegou a dizer que tiraria sua própria vida hoje.

Pelo menos cinco viaturas do BPE e Bope foram até o local e, com apoio do patrulhamento aéreo, o militar foi imobilizado e encaminhado ao Hospital Geral do Estado (HGE).

No local, populares ouviram disparos de arma de fogo. Imagens, enviados por internautas, mostram o momento em que os policiais do Bope e BPE tentam se aproximar do PM.

Em nota Secretaria de Segurança Pública informou: “Por meio do Comando de Policiamento da Capital (CPC) foi recebida a informação de que o militar teria pego uma viatura da unidade em que está lotado, sem autorização, e saído sem destino. Em deslocamento, o militar capotou na Avenida Pierre Chalita, guarnições foram enviadas ao local e o soldado teria resistido à prisão, mas foi contido e preso. A Corregedoria da Polícia Militar, conforme o CPC, fará toda a apuração para que a corporação adote as punições administrativas legais.”

Descontrole emocional

Segundo informações apuradas junto a colegas de farda, esta não é a primeira vez que o soldado Ivan apresenta descontrole emocional. Informações extraoficiais dão conta que o militar passou por problema semelhante, mas logo foi reintegrado à tropa sem o devido acompanhamento.


« PREV
NEXT »

Nenhum comentário

Postar um comentário