Supremo deve proibir réu na linha sucessória; medida pode atingir Renan | ilha FM - Paulo Afonso
últimas Notícias

1 de nov de 2016

Supremo deve proibir réu na linha sucessória; medida pode atingir Renan

Rede mirou em Cunha e acertou em Renan (Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)

O Supremo Tribunal Federal discute na quinta-feira uma Arguição de Descumprimento de Preceito Fundamental impetrada pela Rede. A ADPF pede que pessoas que cometeram crimes comuns sejam impedidas de fazer parte da linha sucessória à Presidência.

A tendência do STF é confirmar o pedido da rede e dizer que um réu não está apto à linha sucessória, afirma a colunista Vera Magalhães após conversar com ministros da Suprema Corte.

A arguição era destinada ao ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha (PMDB-RJ), mas ele caiu antes. O "bumerangue" se volta e pode atingir o presidente do Senado Renan Calheiros, também do PMDB.

Renan está prestes a se tornar réu no Supremo. Ele é investigado em vários inquéritos. O que deve ser aceito é sobre empréstimos da empreiteira Mendes Júnior para pagar a pensão de filha fora do casamento e a falsificação de documentos de trânsito de gado para justificar a renda de forma fraudulenta

A medida afeta por pouco tempo Renan. No fim do ano já acaba o mandato dele para a presidência do Senado e o alagoano não pode se candidatar novamente. Mas seria mais um revés político ao peemedebista.


« PREV
NEXT »

Nenhum comentário

Postar um comentário