Jornais espanhóis exaltam Ganso: ''Genial'', ''Estelar'' | ilha FM - Paulo Afonso
últimas Notícias

3 de nov de 2016

Jornais espanhóis exaltam Ganso: ''Genial'', ''Estelar''

O jogador Paulo Henrique Ganso, do Sevilla, durante partida contra o Dinamo Zagreb, válida pelo grupo H da Liga dos Campeões da Europa (Foto: Aitor Alcalde Colomer/Getty Images)

O meia Paulo Henrique Ganso finalmente foi o centro das atenções no Sevilla nesta quinta-feira. Apagado desde sua transferência do São Paulo ao clube espanhol, em julho, o jogador fez sua primeira partida como titular e teve atuação digna de elogios dos principais jornais do país. Ganso comandou o meio de campo do Sevilla, ajudando na goleada por 4 a 0 sobre o Dínamo Zagreb, na quarta rodada da fase de grupos da Liga dos Campeões, pelo grupo H.

Principalmente no segundo tempo, o brasileiro, que substituiu o francês Samir Nasri, mostrou sua qualidade nos passes e, em quase todas as jogadas de ataque, Ganso se destacava. Foi ele quem protagonizou o primeiro lance de perigo com um chute aos 11 minutos. O Sevilla, que jogava em casa, seguiu em cima e marcou o primeiro aos 28 minutos, em jogada que começou com Ganso.

A vitória levou o Sevilla a 10 pontos, na ponta do grupo, à frente da Juventus, segunda colocada com oito pontos. O Lyon vem na sequência, com quatro, enquanto o Dínamo Zagreb ainda não pontuou.

Só elogios – A imprensa espanhola se deleitou com a atuação do brasileiro: o Mundo Deportivo destacou Ganso como “genial” e decisivo com seu “recital de passes”. O Às também deu destaque à visão de jogo: “Ganso brilhou e levantou a torcida com seus passes”.

Os jornais locais se surpreenderam com a categoria do meia. O Diário de Sevilla optou por elogiar a liderança do brasileiro contra o Dínamo Zagreb: “A presença de Ganso foi estelar. Ele encontrou na partida o ritmo ideal para seu jogo”. O principal diário esportivo da cidade, Estadio Deportivo, disse no relato da vitória que “cada vez que Ganso tem a bola dominada de frente para o gol encontra um companheiro nas costas da defesa”.


« PREV
NEXT »

Nenhum comentário

Postar um comentário