ilha FM - Paulo Afonso
últimas Notícias

Destaques

Política

Esporte

Brasil

PA Alerta

Advertise Space

Mundo

Esporte

CELEBRIDADE

Últimas Notícias

22 de jan de 2018

Para sua surpresa, Débora foi informada através do diretor que o seu filho não poderia ser matriculado (Foto: Reprodução)

A assistente social Débora Sandes mãe de dois filhos era só alegria, após diversas consultas ao núcleo social do colégio Sete de Setembro, finalizou a matricula de seu filho que possui Transtorno Espectro Autista, porém na última sexta-feira (19/01), Débora foi convocada pelo colégio para uma reunião com a cúpula do colégio e para sua surpresa foi informada através do diretor que o seu filho não poderia ser matriculado, e que no contrato assinado constava que deveriam informar a criança ser portadora de deficiência.

A reportagem da ilha FM tentou entrar em contato com a direção do Colégio Sete de Setembro, mas até o fechamento desta matéria, não obtivemos êxito. O portal deixa o espaço aberto para que a direção do colégio possa prestar maiores esclarecimentos sobre o fato.

Assista a entrevista completa:



Segundo informações de amigos da suspeita, o ex-companheiro da mulher ''não era flor que se cheirasse'' e o casal enfrentava constantes crise no relacionamento. (Foto: Arquivos ilha FM/*Imagem Ilustrativa)

Uma mulher foi detida suspeita de atear fogo na casa do ex-companheiro dela, no BTN 3, em Paulo Afonso (BA). O incêndio criminoso teria ocorrido depois de uma briga entre o ex-casal, na noite do último sábado (20/01).

Ainda de acordo com o ex-companheiro, a mulher estaria ''transtornada'' e não satisfeita, teria ateado fogo na casa dele. 

Segundo informações de amigos da suspeita, o ex-companheiro da mulher ''não era flor que se cheirasse'' e o casal enfrentava constantes crise no relacionamento. 

Após constatar o ocorrido, a Polícia Militar encaminhou a mulher à Delegacia de Polícia Civil de Paulo Afonso, onde a ocorrência foi registrada.

O deslizamento ocorreu no local conhecido como La Nariz del Diablo, na altura do quilômetro 66 da estrada que vai de Pasto, a capital do departamento, para Tumaco. (Foto: Reprodução/EFE)

Pelo menos 13 pessoas morreram nesse domingo (21/01) após um deslizamento de terra que arrastou um micro-ônibus para um despenhadeiro, na estrada entre Tumaco e Pasto, no departamento de Nariño, na Colômbia, informaram fontes oficiais.

"Lamento profundamente a morte de pelo menos 13 pessoas que transitavam em um veículo de serviço público na via Tumaco-Pasto e que foram surpreendidas por um deslizamento de terra", escreveu no Twitter o diretor da Agência Nacional de Segurança Viária, Alejandro Maya.

O deslizamento ocorreu no local conhecido como La Nariz del Diablo, na altura do quilômetro 66 da estrada que vai de Pasto, a capital do departamento, para Tumaco.

Os serviços de socorro, segundo a Noticias RCN Televisión, já resgataram dez corpos, entre eles os de dois menores e de duas mulheres.

O governador do departamento de Nariño, Camilo Romero, informou que funcionários do escritório de gestão do risco já foram para o local, onde máquinas trabalham para liberar a estrada.

O veículo, filiado à empresa Supertáxis, saiu de manhã de Túquerres com um passageiro, mas no trajeto recolheu outros viajantes. Por isso, não se sabe com exatidão o número de pessoas que viajavam nele.

Os trabalhos de busca e resgate foram suspensos devido às dificuldades no terreno e serão retomados agora de manhã.

A região foi afetada por chuvas fortes, que tornam frequentes os deslizamentos nessa região do país.

Fotos e Vídeos

Ads Place 970 X 90