ilha FM - Paulo Afonso
últimas Notícias

Destaques

Política

Esporte

Brasil

PA Alerta

Advertise Space

Mundo

Esporte

CELEBRIDADE

Últimas Notícias

19 de out de 2017

Alunos da escola afirmam que a mulher sempre aparece na frente do colégio para intimidar as alunas. (Foto: Reprodução/WhatsApp)

Um vídeo está sendo compartilhado no WhatsApp com imagens chocantes: uma mulher agridem uma estudante em frente à escola, em Paulo Afonso (BA). A violência teria ocorrido na terça-feira, dia 17/10. A mulher, que não teve o nome divulgado, foi filmada dando vários socos em uma adolescentes que aparece sendo agredida no vídeo.

Alunos da escola afirmam que a mulher sempre aparece na frente do colégio para intimidar as alunas. Uma dos alunos contou que a mulher sempre vai para a frente do colégio para 'criar confusão', que segunda eles (alunos), não seria a primeira vez que a mulher agride alunas na porta do colégio.

De acordo com informações de alunos, não há patrulhamento policial nos portões da escola nos horários de entrada e saída dos estudantes.

O caso foi levado para a direção da escola que vai tentar identificar a agressora adulta, que poderá ser penalizada por agredir a adolescente.

Assista o vídeo a seguir: 


Populares buscaram ajuda da emergência hospitalar para salvar a criança, mas não houve tempo (Foto: Cortesia/WhatsApp/PA Alerta)

Um bebê de apenas 21 dias morreu após sofrer supostas agressões na manhã desta quinta-feira (19/10) na rua General Dutra, em Paulo Afonso (BA). Conforme informações, a mãe do menino foi detida para prestar esclarecimentos.

Segundo informações, equipes do Hospital Nair Alves de Souza (HNAS) acionou a Polícia Militar (PM) e informou que havia atendido um bebê morto com suposto sinais de agressões pelo corpo.

Ainda de acordo informações, populares buscaram ajuda da emergência hospitalar para salvar a criança, mas não houve tempo. A mãe do bebê, que não teve o nome divulgado, é a principal suspeita.

De acordo com a PM, a mãe do bebê tem registros policiais e a mesma seria usuária de drogas.  A jovem foi encaminhada à delegacia de polícia onde permanecia prestando depoimento até esta publicação.

O corpo do menino foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Paulo Afonso. A polícia Civil investigará o caso.

Morte Natural

O laudo do Instituto Médico Legal (IML) aponta que o menino identificado como CENSURADO, de 21 dias, morto após uma suposta agressão da mãe, morreu devido a causas naturais, segundo informações obtidas com exclusividade pelo PA Alerta.

De acordo com a delegada Dra. Juliana, da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (DEAM), após receber informações de que uma criança havia dado entrada no Hospital Nair Alves de Souza (HNAS) com supostas lesões pelo corpo, foi pedido que o departamento de polícia técnica encaminhasse o corpo do menino para exames necroscópicos. De acordo com a delegada, o laudo do IML apontou que não havia nenhum ferimentos no corpo do bebê.

"A criança não tinha nenhuma lesão na cabeça e não existia nenhuma fratura, então não há crime. A criança não foi espancada e não foi vítima de abuso ou de lesão. A causa da morte foi natural", finalizou.

(*) Texto alterado às 12h08 do dia 19/10 para acréscimo de informações



18 de out de 2017

As inscrições para participar da revisão podem ser feitas na própria faculdade, basta levar 1kg de alimento não perecível. (Foto: Divulgação)

Quem sonha em ocupar uma cadeira no ensino superior e está na maratona de estudos deve ficar atento a uma aula de revisão gratuita para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) realizada pela ONG raízes em parceria com estudantes do curso de pedagogia da UNEB - Campus Paulo Afonso. O evento Aulão Enem Solidário acontece neste sábado (21/10), e também no dia 28/10, das 13h às 18h, no Espaço Marusia da instituição.

As inscrições para participar da revisão podem ser feitas na própria faculdade, basta levar 1kg de alimento não perecível. Para essa edição, são esperados centenas de estudantes e o espaço está sujeito à lotação. Então, para não ficar de fora, é melhor chegar com antecedência. Para mais informações: (75) 9 8849-0808 (Ariádila).

(Foto: Divulgação)



Fotos e Vídeos

Ads Place 970 X 90